terça-feira, 25 de abril de 2017

PROMOÇÃO PARA O DIA DAS MÃES NO TOP SHOPPING


Com a aproximação do Dia das Mães, que tem sido um período de aquecimento no comércio, o Top Shopping inovou, oferecendo R$ 500,00 por mês durante um ano.

A promoção foi chamada de “Um ano TOP pra sua mãe”, que a cada R$ 300,00 reais em notas fiscais de compras nas lojas participantes o cliente ganhará um cupom para concorrer ao sorteio de 01 ano de compras grátis. 

 Ao todo, 10 mães serão sorteadas e cada uma receberá 12 vale-compras no valor de R$ 500,00 cada, totalizando R$ 6.000,00. O cliente deverá trocar as notas fiscais pelo cupom promocional no balcão de trocas e responder a pergunta: “Qual é o shopping que dá um ano de compras de presente para a sua mãe? Em seguida, basta depositar o cupom na urna ao lado do balcão, localizado no 3º piso, expansão. 

A promoção será realizada de 20 de abril até 15 de maio de 2017. Os sorteios serão realizados nos dias 05/05, 12/05 e 15/05 de 2017, sempre às 18h, no 3º piso, expansão. As notas fiscais serão válidas a partir do dia 20 de abril. 

Para mais informações, consulte o regulamento e as lojas participantes e não participantes no balcão de trocas no 3º piso (expansão) ou no site www.topshopping.com.br.

A LIMPEZA QUE DEIXA TUDO SUJO

Os moradores de Nova Iguaçu já não aguentam mais tanto descaso com o serviço oferecido pelos seus gestores e operadores públicos. Nessa semana vamos veicular artigos que e fatos dos serviços prestados aos iguaçuanos pela Empresa Municipal de Limpeza Urbana.

O flagrante nos dias 24 (noite) e 25/04 (manhã) de que há tempo os moradores vêm reclamando sem ter uma solução. Pois, os dias da coleta domiciliar de resíduos tem tornado a cidade mais suja do que quando os moradores mantém seu lixo em suas coletadores próprias.

Além do mais, precisam conviver com o inconveniente pedido de um "trocado", prática comum dos operadores dos caminhões de coleta: "Sempre eles pedem cinquenta centavos, dez centavos ou qualquer trocado quando no momento da coleta o morador aparece em seu portão", disse um morador da Rua Clara de Araújo, em Rancho Novo. "A Cidade fica emporcalhada nos dias de coleta, parecendo até que não existe uma Empresa Pública de Coleta de Lixo", disse outro morador, o Emerson de Oliveira, também morador do Rancho Novo. 

Nossa equipe tentou contato com o setor responsável em receber as reclamações, pelo número informado no site da Prefeitura, www.novaiguacu.rj.gov.br, telefone 0800-232626 e 2768-8024, mas não conseguiu falar com o atendente.

Ao longo da semana iremos procurar outras flagrantes e postar aqui, que tem sido um canal de reclamações dos iguaçuanos.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

PÁSCOA É RELEMBRADA NESSE DOMINGO DE ABRIL

Nesse último fim de semana, em diversas igrejas de norte a sul do Brasil a Páscoa foi relembrada, como um ato de manter a chama acesa nos corações dos fieis e para pregação da palavra de esperança para todos os povos.
Algumas igrejas contextualizaram suas comemorações, com apresentações requintadas, dignas de superprodução de hollywood, como foi o caso da Igreja da Cidade de São José dos Campos, em São Paulo, que nesse ano adotou o tema Emnnah, termo hebraico que denota liberdade e paz.
No Rio de Janeiro também teve essa tendência de comemorar, mantendo uma forte tradição nas escolas e nas congregações cristãs, tanto católicas, quanto protestantes.
Em Nova Iguaçu, na Baixa Fluminense, uma apresentação que há anos acontece na Cidade de Nova Iguaçu, na Igreja Batista de Rancho Novo, também reviveu a data com uma apresentação super produzida, com centenas de atores e voluntários, que falaram sobre o tema "Consumado", que denota a vitória do Cristo sobre a morte, em detrimento da salvação para todos os homens. A apresentação contou com cenas  que emocionaram o público presente de todas as gerações, como na cena da multiplicação dos pães e peixes, que todos os convidados participaram.
Outras comunidades cristãs também reviveram a data aproveitando para pedirem paz, diante da crescente onda de violência no Brasil e guerras em todo o mundo. O recado que tem sido um clamor de todos os povos, na esperança de construir um mundo melhor para as futuras gerações.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

SOBRE O ATO EM PROL DO HOSPITAL DA POSSE

Por Joana Costa de Oliveira 

Não sei se rio ou choro. Bom ver tantas pessoas na manifestação pelo hospital da Posse. Até o bispo compareceu. Que lindo! Só que não! Será que só eu lembro de algumas coisas? 
Em 2006 o então candidato a prefeito, Lindbergh Farias fazia discurso inflamado dizendo que “acabaria com a máfia do Hospital da Posse”. Colocou um militar como diretor, fez reforma, conseguiu aumentar o repasse de R$ 6 milhões para R$ 9 milhões. Desviou tanto que virou alvo do Ministério Público e responde processo até hoje. 
Ah, quase esqueço: fechou a maternidade Mariana Bulhões que tinha sido inaugurada por Mario Marques. A planilha de custo do hospital na época virou peça de inquérito no Ministério Público. O dinheiro simplesmente sumia da conta. Isso tudo eu li na internet. Gosto de acompanhar. 
Pois bem. Nelson Bornier passou a primeira semana do seu mandato na Posse. Fez reforma, melhorou o setor de emergência. O mesmo Bornier tinha municipalizado o hospital na década de 90 quando foi prefeito a primeira vez. Bornier também reabriu a Marina Bulhões, aumentou o número de leitos, inclusive. O então secretário de Saúde, Luizinho (hoje secretário de Estado de Saúde) também montou acampamento na Posse. Mudou direção até de programas que davam certo. Foi várias vezes à Brasília, pediu mais repasse. Conseguiu algumas migalhas. O hospital funcionou razoavelmente por quatro anos. A ortopedia melhorou. Quebrei o fêmur e fui muito bem atendida por lá. Dois meses para operar e andei de novo. 
Não me lembro de ver o bispo falando nada a respeito. Nem me lembro de manifestação de vereadores apoiando Luizinho em Brasília. Chegamos na campanha. Rogerio Lisboa, que foi secretário de Obras de Lindbergh, traz a varinha mágica “do jeito de fazer bem feito”. Hospital da Posse mais uma vez no discurso. “Vou melhorar. É problema de gestão”. Três meses no cargo e o rapaz não tem como manter o hospital e pede ajuda da sociedade civil e até da igreja. Rogerio foi deputado estadual e federal, se não me engano. Quantas emendas para o hospital da Posse? Quanto de verba? Quantas visitas para saber do funcionamento? Quantas vezes se reuniu com o então secretário de Saúde quando este buscava ajuda? 
As respostas são: nenhuma, nada, nenhuma e nenhuma de novo. Ah, Rogerio é iguaçuano, sempre morou na cidade. Onde será que ele passou os últimos 4 anos, enquanto Bornier era prefeito? É preciso aumentar a verba do hospital. Acredito que sim. Mas muito mais do que isso é preciso vergonha na cara! Gestão, comprometimento. 
Considero o bispo uma gracinha. Amo suas pregações. Mas ele devia ter cuidado ao se unir a esse tipo de gente. É preciso que o senhor Rogerio Lisboa libere a planilha do hospital, mostre os gastos, a folha de pagamento, o número de funcionários que ele já nomeou para unidade. 
Quem sabe então eu decida se vou rir ou chorar. Joana Costa de Oliveira é professora na UFRRJ Postado por carlos gilberto triel Triel às 16:32

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

SEMINÁRIO HOMENS CORAJOSOS NA BAIXADA FLUMINENSE

A Associação Ministerial Homens Corajosos, em parceria com a Igreja Batista da Figueira, do Pastor Paura, realizarão, no próximo dia 28 de agosto o Seminário Homens Corajosos (SHC).
Segundo o Presidente da Associação HC, Adelson de Freitas: "este evento é um Choque de Ordem na vida homem, contextualizando-o com a sua realidade familiar e social."

Este evento faz parte do Projeto HC, que tem o objetivo de incentivar o homem de hoje a assumir suas responsabilidades familiares, por meio dos princípios bíblico para o comportamento do homem, junto a sua família.

O Secretário Executivo da Associação HC, o Pastor Rogério Alencar, tem desenvolvido pesquisas com base no comportamento da Igreja na Europa no Século XX, e descobriu um fator de relevante importância, que para ele, precisa ser levada à sério por todas as igrejas.

A Igreja do século XX, na Europa, sofreu do Fenômeno do Esvaziamento da Igreja, que consistiu pela perda da capacidade de a Igreja evangelizar a si mesmo, devido a falta da capacidade do homem assumir suas responsabilidades, segundo ele. O homem do século XX perdeu seus principais papeis cristão junto a família: O de Profeto, o de Sacerdote e o de Reino.

Igrejas como a Igreja Batista de Rancho Novo, Igreja Cristo Vive de Duque de Caxias, Igreja Batista em Bairro de Maio, Igreja Batista Monte Sião, Primeira Igreja Batista de Caioaba, Igreja de Nova Vida de Nova Iguaçu, Igreja Batista em Leandro Itaguaí, dentre outras igrejas, têm desenvolvido esse trabalho com os homens locais.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

ACIDENTE NO CENTRO CAUSA CAOS NO TRÂNSITO


NOVA IGUAÇU - Acidente entre dois veículos na Avenida Governador Roberto Silveira, no Centro, de Nova Iguaçu , hoje à tarde (25/07), deixa o trânsito com um pequeno desvio. Agentes da Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana (SEMTMU) no local. Leia mais sobre esse assunto em: http://www.noticiasdenovaiguacu.com/2016/07/acidente-no-centro-de-nova-iguacu.html#ixzz4FSdjyUP5

sexta-feira, 22 de julho de 2016

ALUNO DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE NOVA IGUAÇU GANHA BOLSA PARA ESTUDAR NA ORQUESTRA DE VIOLÕES DO FORTE COPACABANA


NOVA IGUAÇU - O I Festival de MPB da Rede Municipal de Ensino de Nova Iguaçu, que deu o primeiro lugar a Escola Municipal Professor Osires Neves, rendeu frutos para o estudante João Marcos Farias da Guarda, de 7 anos. O aluno da Escola Municipal Therezinha de Jesus Hermida tocou o Hino da Cidade com seu Cavaquinho e ganhou uma bolsa para estudar na Orquestra de Violões do Forte de Copacabana.

Ele que toca o instrumento desde os quatro anos de idade encantou o maestro Celso Ricardo, que além de ser integrante do Forte é também maestro da Escola Municipal Professor Darcy Ribeiro e também fazia uma audição especial na final do festival.

De acordo como maestro, o estudante terá como instrutor um dos ícones da MPB, Antônio Carlos, da dupla Antônio Carlos e Jocafe. “Ele irá aprimorar o que já sabe, com um dos melhores músicos, que é o Antônio Carlos e se passar no período de adaptação de quatro meses poderá seguir com o grupo, que já se apresentou até em Paris”, contou Celso.

A mãe de João, Bia Farias não conteve a emoção e viu como um presente a bolsa ganha pelo filho. " Ele gosta muito de tocar. Toca violão e guitarra na igreja", disse a mãe. 

O evento foi de boas surpresas para o talento dos alunos do Ciep 099 e Escolas Municipais Luiz de Lemos, Monteiro Lobato e Ivani Vigné Babo, que ficaram nas segunda, terceira, quarta e quinta colocações.

A Escola Municipal Professor Márcio Caulino Soares ganhou o título de Hors concours. Entre os jurados estava a cantora Dinha Pinheiro, que também fez a leitura dos vencedores.

O evento realizado na UNIG foi de emoção e expectativa para as 10 escolas finalistas. As gêmeas Lívia e Letícia Christi, 14 anos, foram campeãs com a Escola Municipal Professor Osires Neves. “Ficamos muito felizes em saber que nosso esforço valeu a pena”, disseram as irmãs, que defenderam a música “Jack Soul Brasileiro”, do cantor Lenine.

Também ficaram felizes a dupla João Vinicius da Silva, 16 e Semida Vidal, 12 anos e Wenderson da Silva Delphino, 13 anos, que garantiram a segunda e terceira colocação na final do concurso para o CIEP 099 e a Escola Municipal Luiz de Lemos.

Paródia
A cultura musical também esteve presente no VI Concurso de Paródias, que teve como campeã a Escola Municipal Barão de Tinguá e em segundo e terceiros lugares a Escola Municipal Monteiro Lobato e o CIEP 099, respectivamente. 

Este ano os alunos precisaram de muita criatividade para aliar o tema “Nova Iguaçu - Olimpíadas à vista: um novo tempo para o ambiente sustentável, alimentação saudável e competições solidárias”.

Embora nenhuma das competições das Olímpiadas acontecerão na Cidade de Nova Iguaçu, a Secretaria de Educação pensou no legado que o evento trará para o Rio de Janeiro de forma geral, além da passagem histórica da Tocha Olímpica no dia 3 de agosto.

De acordo com a professora, Mácia Luiza, da Educação Ambiental e do Campo, o concurso aguça a criatividade dos alunos e os faz trabalhar em equipe, além da interdisciplinalidade.


Leia mais sobre esse assunto em: http://www.noticiasdenovaiguacu.com/2016/07/aluno-da-rede-municipal-de-ensino-de.html#ixzz4FAjG2ySQ